Safra de trigo na região do Brasil Central diminui 12,8%

Levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) apontou que a safra 2011 de trigo nos estados de Minas Gerais, Goiás e no Distrito Federal acompanhou a redução de produtividade verificada em todo o país. O estudo mostrou que a produção nacional foi de 5,1 mil toneladas. O número é 12,8% menor do que o total de 2010.

As produtividades, em comparação à safra anterior, foram10% inferiores, embora algumas lavouras tenham alcançado em torno de 115 sacos por hectare com a cultivar BRS 264, quando a média foi de 90 sacos por hectare.

A área total cultivada com trigo irrigado no Distrito Federal, Minas Gerais e em Goiás também teve uma redução neste ano. Em relação a 2010, a cultura foi plantada em menos 20% das áreas.

Porém, as condições climáticas favoreceram o bom desenvolvimento das plantas de trigo na região do Brasil Central. “A maioria das lavouras foi colhida no período seco, sem a ocorrência de chuvas, o que favoreceu a qualidade dos grãos e, consequentemente, favoreceu a comercialização.

Os produtores estão vendendo a sua produção entre R$ 37 e R$ 42 por saco de 60 kg”, explica o pesquisador da Embrapa Cerrados, Júlio Cesar Albrecht.

Somado à boa produtividade, o trigo produzido na região é todo de alta qualidade, comparável ao das melhores regiões produtoras do mundo, como o
Canadá.

Fonte:  Globo Rural

jfdghjhthit45

Comentários encerrados.